Veleiro à deriva há dez meses encontrado em São Miguel

Os tripulantes da embarcação foram retirados em junho do ano passado, a 740 milhas a oeste da ilha das Flores.

Um veleiro com bandeira holandesa que terá saído dos EUA e que se encontrava à deriva desde junho do ano passado deu à costa no domingo em Vila Franca do Campo, uma vila na ilha de São Miguel, nos Açores. Segundo o Açoriano Oriental, a embarcação, que terá cruzado o oceano Atlântico, foi rebocada na terça-feira pela Capitania do Porto de Ponta Delgada.

Citado pela mesma publicação, o capitão do porto explicou que "trata-se de um veleiro de doze metros, que apresenta o mastro partido e que terá sido abandonado em junho de 2018 na costa dos Estados Unidos".

Nessa altura, os dois tripulantes da embarcação foram retirados, depois de o mastro do veleiro se ter partido, aproximadamente a 740 milhas a oeste das Flores.

Segundo Vieira Branco, estão a ser desenvolvidas investigações "em contacto com as autoridades holandesas no sentido de contactar os proprietários da embarcação para informá-los de que ela se encontra aqui na marina de Ponta Delgada".

Exclusivos