PJ deteve rapaz de 17 anos que deixou adolescente de 15 em coma

Detido agrediu com violência um grupo de adolescentes. Vítima encontra-se "em sério perigo de vida".

Um jovem de 17 anos, estudante, foi detido pela Policia Judiciária por suspeita de ofensa à integridade física grave. Segundo um comunicado da PJ, os factos ocorreram na passa terça-feira, 13 de novembro, na cidade do Porto.

O detido suspeitou que um grupo de adolescentes o estaria a filmar e agrediu-os violentamente. Um jovem de 15 anos sofreu um grave traumatismo cranioencefálico, está em estado de coma e "em sério perigo de vida", segundo a mesma nota.

O desentendimento, "motivado por questões fúteis", entende a PJ, aconteceu entre o arguido e as vítimas, que não se conheciam. Pensando "erradamente que os ofendidos o estavam a filmar, o arguido terá insultado e agredido as vítimas com murros e pontapés", lê-se no comunicado.

A Polícia Judiciária, através da Diretoria do Norte, identificou e deteve fora de flagrante delito o presumível autor da agressão grave. O detido vai ser presente à autoridade judiciária competente para primeiro interrogatório judicial e aplicação das medidas de coação.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG