PJ deteve líder de gangue que assaltava carrinhas de transporte de valores

Operação decorreu na Galiza ao abrigo de um mandado de detenção europeu. Homem foi condenado no ano passada a pena de prisão, mas fugiu às autoridades

A Polícia Judiciária deteve em Espanha o líder de um grupo que desde 2016 assaltou várias carrinhas de transporte de valores. O agora detido estava fugido às autoridades desde o ano passado evitando assim cumprir uma pena de prisão a que tinha sido condenado pelo Tribunal Judicial da Comarca do Porto.

Em comunicado, a PJ explicou que o homem é natural de Caldas de Vizela (Guimarães), que a detenção aconteceu na Galiza ao abrigo de um mandado de detenção europeu e que o indivíduo liderava um gangue responsável por assaltos também a veículos automóveis, com recurso a armas de fogo, na zona norte do país, cujos elementos foram detidos pelos inspetores da Judiciária a 9 de julho.

Em Espanha, mais concretamente na Galiza, estaria ligado a organizações conotadas com a criminalidade organizada e com o tráfico de droga a nível internacional.

Exclusivos

Premium

Espanha

Bolas de aço, berlindes, fisgas e ácido. Jovens lançaram o caos na Catalunha

Eram jovens, alguns quase adultos, outros mais adolescentes, deixaram a Catalunha em estado de sítio. Segundo a polícia, atuaram organizadamente e estavam bem treinados. José Manuel Anes, especialista português em segurança e criminalidade, acredita que pertenciam aos grupos anarquistas que têm como causa "a destruição e o caos" e não a luta independentista.