Pastor que estava desaparecido em Seia encontrado "bem de saúde"

O homem foi encontrado na noite de terça-feira e apresentava "uns arranhões nas pernas", causados pela vegetação existente nos locais por onde vagueou

O pastor de 90 anos que estava desaparecido desde terça-feira em São Romão, no concelho de Seia, foi encontrado "bem de saúde", disseram à agência Lusa fontes da GNR e da proteção civil.

Segundo fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) da Guarda, o homem foi encontrado cerca das 23:45 de terça-feira e apresentava "uns arranhões nas pernas", causados pela vegetação existente nos locais por onde vagueou.

O idoso estava "bem de saúde e foi transportado ao hospital só por precaução"

"O senhor foi encontrado por um popular, próximo do local que tinha sido batido pelos meios no terreno e que era o ponto de reunião dos atores envolvidos nas buscas", disse à Lusa fonte do Comando Territorial da GNR da Guarda.

O idoso estava "bem de saúde e foi transportado ao hospital só por precaução", acrescentou.

A mesma fonte referiu que "não se percebe onde é que ele [o homem] esteve e depois apareceu naquele local que foi várias vezes batido" pelos elementos que estiveram no terreno, incluindo cerca de 20 militares e um cão da GNR.

O aparecimento do homem foi comunicado pouco tempo depois de as buscas terem sido suspensas, para serem retomadas hoje de manhã.

Elementos dos bombeiros e da GNR iniciaram pelas 22:00 de terça-feira as buscas para tentar localizar o homem, após ter sido dado o alerta para o seu desaparecimento.

Fonte do CDOS disse à Lusa que o homem, pastor, "saiu com o gado" na manhã de terça-feira e "devia voltar cerca das 19:00, o que não aconteceu", tendo a família alertado as autoridades.

Segundo a mesma fonte, o homem é descrito como sendo "saudável e autónomo", não apresentando nenhum antecedente de doença.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG