Oeiras fecha jardins, parques infantis e esplanadas até 30 de abril

Esplanadas, jardins vedados, parques infantis e equipamentos de manutenção física públicos de Oeiras vão encerrar a partir desta segunda-feira e até 30 de abril, e o pagamento de parquímetros será suspenso, anunciou a autarquia.

Em comunicado relativo medidas relacionadas com a pandemia da covid-19, a Câmara Municipal de Oeiras refere que decidiu encerrar de "imediato" todos os parques e jardins vedados, exceto o Jardim Municipal de Oeiras e o Jardim do Palácio dos Aciprestes, por serem espaços de atravessamento e circulação, assim como todos os parques infantis e equipamentos de manutenção física públicos.

O Parque de Recreio de Oeiras também será encerrado e foi determinada a suspensão de todas as licenças de esplanada e o pagamento dos parquímetros.Na nota é ainda anunciado o cancelamento de todos os eventos, de natureza pública ou privada, no espaço público, e o cancelamento de todos os mercados, exceto com natureza de abastecimento alimentar.

O espaço público e as paragens dos transportes públicos serão desinfetados, é ainda acrescentado. Segundo o município do distrito de Lisboa, estas medidas deverão durar até 30 de abril, "podendo ser reavaliadas a qualquer momento", e representam "o esforço e o empenho" da autarquia para travar a pandemia do covid-19.

No plano interno, a Câmara de Oeiras decidiu colocar em teletrabalho todos os trabalhadores cujas funções possam ser realizadas dessa forma, "devendo, caso seja imprescindível, apresentar-se ao trabalho se assim solicitado".

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG