Lisboa é a capital da União Europeia com mais idosos

Índice de Dependência de Idosos da capital portuguesa era de 41,4% em 2017, segundo dados do Eurostat, acima da média da UE, situada nos 33%

Lisboa era, em 2017, a capital da União Europeia (UE) com mais pessoas com idade superior a 65 anos relativamente à população ativa, enquanto Bruxelas era a mais jovem, segundo dados hoje divulgados.

Dados do gabinete de estatísticas comunitário, Eurostat, demonstram que Lisboa tinha, em 2017, um Índice de Dependência de Idosos de 41,4%, sendo a capital mais velha da UE.

Esta percentagem era também superior à média da UE, que foi de 33%.

Entre as capitais europeias com mais população idosa em comparação com a população em idade ativa (entre os 20 e os 64 anos) estava também Roma (com um rácio de 36,4%) e a capital de Malta, Valletta (33,5%).

Em sentido inverso, em 2017, a capital com maior Índice de Dependência de Jovens (relação entre o número de pessoas até 19 anos com a população em idade ativa) era Bruxelas (40,2%).

Também as capitais francesa, Paris, e irlandesa, Dublin, faziam parte das mais jovens, com rácios de 39,2% e 39,1%, respetivamente.

Em 2017, a UE registou uma média de 33% no Índice de Dependência de Jovens.

Os dados foram divulgados a propósito do Dia Mundial das Cidades, que se assinala na quinta-feira.

Exclusivos