Várias localidades de Oeiras e Cascais estiveram sem energia após explosão

ATUALIZADA. Calor e sobrecarga na rede levaram a explosão e incêndio numa subestação. Situação resolvida cerca das 22.00.

O fornecimento de energia aos concelhos de Cascais e Oeiras foi restabelecido cerca das 22.00, depois de uma explosão na subestação de Trajouce, em Cascais, ter provocado a falha no abastecimento de várias localidades, segundo fonte da EDP Distribuição.

A mesma fonte disse à agência Lusa que, além de localidades dos concelhos de Cascais e Oeiras, foram também afetadas "algumas localidades no concelho de Sintra", mas que o fornecimento de energia foi "totalmente restabelecido cerca das 22.00".

"O calor é muito, existe uma sobrecarga da rede muito grande, mas estamos em regime de alerta e conseguimos mobilizar muito rapidamente uma equipa para o local, que resolveu o problema com a maior celeridade, apesar de ser um problema de grande dimensão", afirmou.

"Estamos em estado de alerta desde ontem [quinta-feira] e vamos continuar até às 23.59 de domingo", acrescentou.

De acordo com fonte do município de Sintra, na origem do problema terá estado a "proteção de um transformador, da subestação de Trajouce [em São Domingos de Rana, Cascais], que queimou por causa do calor".

Explosão e incêndio

De acordo com os Bombeiros Voluntários da Parede, em Cascais, cerca das 20.00 ocorreu "uma explosão acompanhada de incêndio na subestação da EDP-REN Trajouce", localizada em São Domingos de Rana, Cascais.

"Por ser uma zona isolada, a explosão foi sentida a uma boa distância. Temos o relato de inúmeras chamadas de socorro, para uma forte explosão", afirmou fonte dos Bombeiros Voluntários da Parede.

De acordo com a mesma fonte, o incêndio foi extinto cerca das 21.30, mantendo-se no local dois veículos dos bombeiros, com sete operacionais.

"Estamos numa fase de avaliação da extensão dos danos com vista a iniciar os trabalhos na subestação, que ficou com danos na infraestrutura", disse.

Além dos Bombeiros Voluntários da Parede estão também no local equipas da REN-EDP.

Notícia atualizada às 22.50

Ler mais

Exclusivos