Trinta funcionários de empresa assistidos por intoxicação em Samora Correia

As causas ainda não são conhecidas, mas os sintomas dos colaboradores eram cefaleias, vómitos e náuseas.

Trinta pessoas de uma empresa em Arados, Benavente, no distrito de Santarém, foram na quinta-feira assistidas com sintomas de intoxicação, revelou o Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Santarém, esta sexta-feira.

Segundo a mesma fonte, o alerta foi dado às 09:24 de quinta-feira, tendo os meios de socorro assistido 30 pessoas, 14 delas feridos ligeiros que foram transportados para o hospital de Vila Franca de Xira.

Outros 16 assistidos no local recusaram assistência hospitalar, acrescentou.

"As causas ainda não estão conhecidas, mas havia queixas de cefaleias, vómitos e náuseas", afirmou.

A empresa João de Deus e Filhos, em Arados, freguesia de Samora Correia e concelho de Benavente, fabrica radiadores para automóveis.

A Lusa tentou contactar a empresa para mais esclarecimentos, mas até ao momento não foi possível.

No local estiveram 15 veículos com 32 operacionais, nomeadamente meios dos bombeiros de Samora Correia, Vila Franca de Xira, Benavente, Salvaterra, Coruche e Canha, além de meios da GNR e de uma viatura médica de emergência e reanimação (VMER) de Vila Franca.

Exclusivos