Temperaturas vão continuar a rondar os 30 graus em todo o território

Previsões para hoje não são muito diferentes dos últimos dias

O calor vai continuar a fazer-se sentir no continente, com as temperaturas a rondar os 30 graus na generalidade do território, ligeiramente acima do que é normal para esta época do ano, segundo a meteorologista Patrícia Gomes.

"Vamos continuar com calor. As temperaturas máximas vão estar ligeiramente acima do que é normal para esta época do ano e as mínimas também estão com valores relativamente elevados, em especial do interior Centro e na região Sul", disse à Lusa a meteorologista do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

De acordo com Patrícia Gomes, as temperaturas mínimas vão rondar os 20 graus Celsius, exceto na região Norte e alguns locais do interior, onde deverão atingir os 12/14 graus.

"Para hoje e sábado, a temperatura máxima vai rondar os 30 graus em quase todo o território, exceto em alguns locais mais próximos da faixa costeira, que devido ao efeito de brisa atingem valores mais baixos, ainda assim 23/25 graus, mas normais para esta época do ano", explicou.

As previsões para hoje e sábado não são, segundo Patrícia Gomes, muito diferentes dos últimos dias.

"Vamos ter céu pouco nublado ou limpo, alguma nebulosidade no litoral oeste e mesmo no Algarve, neblinas e nevoeiros matinais, que podem persistir em alguns locais da faixa costeira ocidental ao longo do dia. Podemos também ter um aumento de nebulosidade nas regiões do interior Centro e Sul, aguaceiros e trovoada, também no interior Centro e Sul mesmo nas regiões mais próximas da fronteira com Espanha", salientou.

No que diz respeito ao vento, Patrícia Gomes indicou que o vento deverá soprar fraco, sendo mais intenso nas terras altas até ao meio da manhã e a partir do final da tarde.

"Quanto às temperaturas, não vamos ter grandes variações ao longo da próxima semana. De acordo com informação disponível no momento, há uma ligeira descida na terça-feira de 2/3 graus, mas ainda assim grande parte do território vai ter valores próximos dos 30 graus", disse.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Nuno Artur Silva

Notícias da frente da guerra

Passaram cem anos do fim da Primeira Guerra Mundial. Foi a data do Armistício assinado entre os Aliados e o Império Alemão e do cessar-fogo na Frente Ocidental. As hostilidades continuaram ainda em outras regiões. Duas décadas depois, começava a Segunda Guerra Mundial, "um conflito militar global (...) Marcado por um número significativo de ataques contra civis, incluindo o Holocausto e a única vez em que armas nucleares foram utilizadas em combate, foi o conflito mais letal da história da humanidade, resultando entre 50 e mais de 70 milhões de mortes" (Wikipédia).