Sismo com magnitude de 2,8 sentido nos Açores

Abalo teve epicentro a cerca de 12 quilómetros a norte de Bandeiras, na ilha do Pico.

Um sismo com magnitude de 2,8 na escala de Richter, com epicentro a cerca de 12 quilómetros a norte de Bandeiras, na ilha do Pico, foi sentido este domingo nas ilhas do Faial e São Jorge.

A ocorrência, divulgada pelo Centro de Informação e Vigilância Sismovulcânica dos Açores (CIVISA) em comunicado, aconteceu às 12:59 (uma hora a menos do que em Lisboa).

O sismo foi sentido com intensidade máxima III na escala de Mercalli Modificada em Castelo Branco, Ribeirinha e Matriz, concelho da Horta, na ilha do Faial, e em Santo Amaro, no concelho das Velas, em São Jorge.

Sismos com intensidade inferior a 2,9 na escala de Richter são, geralmente, apenas detetados por sismógrafos, e a intensidade III da escala de Mercalli Modificada, que avalia o efeito dos sismos nas pessoas e construções, está reservada para ocorrências sentidas por um pequeno número de pessoas.

O CIVISA "continua a acompanhar o evoluir da situação", informa o comunicado.

Exclusivos

Premium

Adriano Moreira

Navegantes da fé

Este livro de D. Ximenes Belo intitulado Missionários Transmontanos em Timor-Leste aparece numa época que me tem parecido de outono ocidental, com decadência das estruturas legais organizadas para tornar efetiva a governança do globalismo em face da ocidentalização do globo que os portugueses iniciaram, abrindo a época que os historiadores chamaram de Descobertas e em que os chamados navegantes da fé legaram o imperativo do "mundo único", isto é, sem guerras, e da "terra casa comum dos homens", hoje com expressão na ONU.