PJ apreende cocaína em alto mar e detém 11 homens na Operação "Tuga"

Ação policial teve o apoio da Marinha e da Força Aérea. Foi apreendida elevada quantidade de cocaína e detidas onze pessoas de várias nacionalidades

Uma "elevada quantidade" de cocaína foi apreendia pela Polícia Judiciária numa embarcação que navegava no Oceano Atlântico. A operação "Tuga", efetuada pela Unidade Nacional de Combate ao Tráfico de Estupefacientes, teve o apoio da Marinha e da Força Aérea, foi desencadeada "nos últimos dias", no âmbito do combate ao tráfico de estupefacientes, por via marítima, e levou à detenção de onze pessoas, de várias nacionalidades.

Em comunicado, a PJ informa que o barco em causa era de apoio logístico. "Nesta ação, foi possível localizar e depois intercetar, em pleno Oceano Atlântico, uma embarcação de apoio logístico de alto mar, que estava a ser utilizada para transporte de elevada quantidade de cocaína", afirma a polícia.

"Para além da droga, que tinha como destino final o continente europeu, procedeu-se à apreensão da embarcação e de diverso equipamento utilizado pela organização criminosa, designadamente equipamento de navegação e telecomunicações", acrescenta a nota da PJ, em que se lê também que foi efetuada a detenção de onze homens de diversas nacionalidades.

O inquérito é dirigido pelo Departamento de Investigação e Ação Penal de Lisboa e resulta da troca de informação operacional no quadro do Maritime Analysis and Operations Centre - Narcotics (MAOC-N), com sede em Lisboa, com o apoio da Frontex.

Exclusivos