Mulher encontrada morta no rio Tâmega nas Termas de Chaves

O "afogamento" aconteceu na freguesia de Madalena e Samaiões

Uma mulher foi este domingo encontrada morta no rio Tâmega, nas Termas de Chaves, distrito de Vila Real, revelou à Lusa fonte dos Bombeiros Flavienses. A página da Internet da Proteção Civil indica tratar-se de um "afogamento".

Em declarações à Lusa, fonte dos Bombeiros Flavienses informou que pelas 08:49 foi dado o alerta para a situação e "uma mulher foi encontrada já cadáver no rio Tâmega" pelos meios de socorro que se deslocaram ao local.

A página da Autoridade Nacional da Proteção Civil (Prociv) indica que o "afogamento" aconteceu na freguesia de Madalena e Samaiões, numas termas do concelho de Chaves.

Os bombeiros Flavienses remeteram eventuais esclarecimentos adicionais para mais tarde, uma vez que os elementos da corporação ainda se encontram no local.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Saúde

Empresa de anestesista recebeu meio milhão de euros num ano

Há empresas (muitas vezes unipessoais) onde os anestesistas recebem o dobro do oferecido no Serviço Nacional de Saúde para prestarem serviços em hospitais públicos carenciados. Aquilo que a lei prevê como exceção funciona como regra em muitas unidades hospitalares. Ministério diz que médicos tarefeiros são recursos de "última instância" para "garantir a prestação de cuidados de saúde com qualidade a todos os portugueses".