Incêndio de Odemira entrou em fase de resolução

Há registo de 37 incêndios no país na manhã desta quarta-feira.

O incêndio que estava a lavrar desde terça-feira no concelho de Odemira (Beja) foi considerado dominado por volta das nove da manhã desta quarta-feira, aproximadamente 18 horas após ter deflagrado, avançou a Proteção Civil.

O Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Beja disse à agência Lusa que o fogo, na freguesia de São Luís, "está em resolução", mas mantém no local, nesta fase dos trabalhos, 237 operacionais, apoiados por 75 viaturas e três meios aéreos.

Ao longo do combate, o CDOS disse sempre que não havia populações em risco e, questionado pela Lusa, reafirmou não ter conhecimento de qualquer ferido ou habitação ardida em resultado do incêndio.

O alerta para o incêndio em povoamento florestal foi dado aos bombeiros às 14:04 de terça-feira.

As chamas devastaram uma área ainda não quantificada de pasto, mato, eucaliptos, sobreiros e medronheiros, referiu o CDOS.

De acordo com o site da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil,às 10 da manhã desta quarta-feira lavravam 37 incêndios no país, 29 em fase de conclusão, quatro em resolução e quatro em curso. No terreno estão 851 operacionais, apoiados por 243 meios terrestres e seis meios aéreos.

Exclusivos

Premium

Betinho

"NBA? Havia campos que tinham baldes para os jogadores vomitarem"

Nasceu em Cabo Verde (a 2 de maio de 1985), país que deixou aos 16 anos para jogar basquetebol no Barreirense. O talento levou-o até bem perto da NBA, mas foi em Espanha, Andorra e Itália que fez carreira antes de regressar ao Benfica para "festejar no fim". Internacional português desde os Sub-20, disse adeus há seleção há apenas uns meses, para se concentrar na carreira. Tem 34 anos e quer jogar mais três ou quatro ao mais alto nível.