Conhecido bar ligado ao surf arde completamente na praia do Baleal

Bar do Bruno estava aberto desde 1997. Pelas 6:00, aquando da chegada dos bombeiros, estava já "completamente tomado pelas chamas"

Um incêndio de causas desconhecidas destruiu esta terça-feira de madrugada um bar na praia do Baleal, no concelho de Peniche, onde os bombeiros prosseguem ainda as operações de rescaldo, divulgou o comandando de Peniche.

O alerta para o incêndio foi dado cerca das 06:00 e à chegada dos bombeiros "o bar encontrava-se já completamente tomado pelas chamas", que "destruíram toda a estrutura e recheio", disse à agência Lusa o comandante dos Bombeiros de Peniche, José António Rodrigues.

De acordo com o comandante da corporação, as chamas foram dominadas "pouco depois das 07:00", mas às 10:00 estavam ainda a ser feitas operações de rescaldo no exterior e os bombeiros aguardavam a chegada da Polícia Judiciária, que irá investigar as causas do incêndio.

"Só depois da recolha de indícios se poderá avançar com o rescaldo no interior", afirmou o comandante".

Denominado Bar do Bruno, o estabelecimento encontrava-se aberto desde 1997 na baía que liga Peniche à praia do Baleal.

Construído em madeira, no areal, o bar funcionava também como apoio náutico de suporte às atividades do Baleal Surf Camp & Surf School.

O incêndio foi combatido por 35 elementos dos bombeiros de Peniche, apoiados por oito viaturas.

Exclusivos

Premium

Líderes europeus

As divisões da Europa 30 anos após o fim da Cortina de Ferro

Angela Merkel reuniu-se com Viktor Orbán, Emmanuel Macron com Vladimir Putin. Nos próximos dias, um e outro receberão Boris Johnson. E Matteo Salvini tenta assalto ao poder, enquanto alimenta a crise do navio da ONG Open Arms, com 107 migrantes a bordo, com a Espanha de Pedro Sánchez. No meio disto tudo prepara-se a cimeira do G7 em Biarritz. E assinala-se os 30 anos do princípio do fim da Cortina de Ferro.