Homem tenta estrangular mulher em Lisboa. Escapou trancando-se na casa de banho

Mulher ligou para a PSP a pedir auxílio e a dizer que estava trancada na casa de banho. Homem foi detido e tinha três armas no carro.

Uma mulher teve de se refugiar na casa de banho de casa depois de o companheiro a ter agredido e tentado estrangula. Este caso de violência doméstica aconteceu ao início da tarde deste sábado em Lisboa, tendo a mulher telefonado para o 112 a pedir auxílio.

Segundo soube o DN vários agentes da PSP foram enviados para o local tendo confirmado a situação e detido o alegado agressor. Segundo as informações recolhidas, no carro do homem foram encontrados um revólver e duas pistolas de calibre 6,35 mm para as quais não tinha licença.

O caso aconteceu pelas 13.00 de hoje e de acordo com o que o DN soube a mulher, de 47 anos, contou na ligação para o 112 que o companheiro (59 anos) a tinha agredido e ameaçado com uma arma de fogo e que depois deste a ter tentado estrangular conseguiu fugir e trancar-se na casa de banho.

O casal viva em união de facto e não existiriam antecedentes por violência doméstica.

Esta semana, além do duplo homicídio no Seixal, em que um homem matou a sogra e depois a filha de dois anos, foi noticiada outra tentativa de homicídio em contexto de violência doméstica. Foi em Nelas quando um homem disparou dois tiros de caçadeira contra a ex-mulher que ficou gravemente ferida na cabeça.

Nos primeiros 40 dias do ano já foram noticiadas dez mortes na sequência de violência doméstica - nove mulheres e uma criança.

Ler mais

Exclusivos