Encontrado morto o jovem português desaparecido na Bélgica

Miguel Amorim Lemos tinha desaparecido na quinta-feira e o seu corpo foi encontrado este domingo à noite numa floresta perto de Bruxelas

O jovem português que estava desaparecido na Bélgica desde quinta-feira foi encontrado morto este domingo à noite. Segundo a imprensa belga, as autoridades encontraram o corpo de Miguel Amorim Lemos, de 21 anos, numa floresta perto de Bruxelas.

O lusodescendente estudava na Universidade Livre de Bruxelas e foi visto pela última vez na quinta-feira, depois de ter recebido um telefonema por volta das 11.00. As buscas da polícia e de amigos do jovem concentraram-se na zona da floresta de Soignes, onde Miguel Lemos costumava passear e onde o seu corpo acabaria por ser encontrado ontem.

Ainda não foram revelados pormenores sobre a sua morte, sabendo-se apenas que nas próximas horas será realizada a autópsia ao lusodescendente que morava na região da Valónia, a cerca de 40 quilómetros da capital belga.

Ler mais

Premium

Rosália Amorim

Crédito: teremos aprendido a lição?

Crédito para a habitação, crédito para o carro, crédito para as obras, crédito para as férias, crédito para tudo... Foi assim a vida de muitos portugueses antes da crise, a contrair crédito sobre crédito. Particulares e também os bancos (que facilitaram demais) ficaram com culpas no cartório. A pergunta que vale a pena fazer hoje é se, depois da crise e da intervenção da troika, a realidade terá mudado assim tanto? Parece que não. Hoje não é só o Estado que está sobre-endividado, mas são também os privados, quer as empresas quer os particulares.