DIAP confirma que está a investigar incidentes durante tourada

Na quinta-feira três ativistas antitouradas entraram na arena da Praça de Albufeira durante a corrida, tendo sido retirados pela GNR e agredidos quando eram levados do recinto, mostram as imagens de um vídeo partilhado no Facebook por Peter Janssen, ativista do Vegan Strike Group.

O Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) confirmou ao DN que está a investigar os incidentes que ocorreram durante uma corrida de toiros realizada em Albufeira, na passada quinta-feira.

Conforme o Diário de Notícias noticiou na quarta-feira, três ativistas antitouradas entraram na arena durante a tourada, tendo sido retirados pela GNR. Já detidos, foram agredidos, no momento em que saíam da praça. O momento foi captado em vídeo e partilhado no Facebook por Peter Janssen, ativista do Vegan Strike Group (organização internacional que luta contra o abuso de animais).

Segundo os relatos de três pessoas ao DN, outros foram agredidos no exterior da praça de touros, apesar de não terem participado na invasão, incluindo uma mulher que afirmou ter sido alvo de agressão por agentes da GNR. A ocorrência vai ser investigada, garante a Guarda Nacional Republicana, que já procedeu à "abertura de um processo de averiguações" interno.

Sobre esta acusação, o comando geral da GNR explicou "que no exterior do recinto, a GNR foi chamada a intervir devido a um conflito existente entre duas mulheres, motivado pela posse indevida de um telemóvel, tendo o mesmo sido recuperado pelos militares e devolvido à legítima proprietária".

Para esta sexta-feira está previsto novo protesto antitouradas em Albufeira, por ocasião da corrida da RTP naquela praça.

Ler mais

Premium

João Gobern

País com poetas

Há muito para elogiar nos que, sem perspectivas de lucro imediato, de retorno garantido, de negócio fácil, sabem aproveitar - e reciclar - o património acumulado noutras eras. Ora, numa fase em que a Poesia se reergue, muitas vezes por vias "alternativas", de esquecimentos e atropelos, merece inteiro destaque a iniciativa da editora Valentim de Carvalho, que decidiu regressar, em edições "revistas e aumentadas", ao seu magnífico espólio de gravações de poetas. Originalmente, na colecção publicada entre 1959 e 1975, o desafio era grande - cabia aos autores a responsabilidade de dizerem as suas próprias criações, acabando por personalizá-las ainda mais, injectando sangue próprio às palavras que já antes tinham posto ao nosso dispor.