Detido por aliciar menores nas redes sociais para realizar vídeos sexuais

Empregado comercial de 43 anos, residente em Paredes de Coura, já tem antecedentes pelos crimes de abuso sexual de criança e de pornografia de menores

Um homem de 43 anos foi detido por suspeitas da prática de crimes de abuso sexual de crianças e de pornografia de menores. A Diretoria do Norte da Polícia Judiciária, que efetuou a detenção em Paredes de Coura, diz que este empregado comercial aliciava menores, com idades entre 10 e 16 anos, através das redes sociais para a realização de vídeos de carácter sexual.

"O suspeito foi abordado e detido fora de flagrante delito, pela prática dos referidos crime, após recolha de elementos indiciários de que, através das redes sociais, aliciaria menores entre os dez e os dezasseis anos de idade para conversas de teor sexual, bem como para a realização de vídeos para exibição de órgãos sexuais", refere a Polícia Judiciária em comunicado.

O detido, com a profissão de empregado comercial, já tem antecedentes pela prática dos mesmos crimes, revela a PJ. O suspeito será hoje presente a primeiro interrogatório judicial para aplicação das medidas de coação.

Exclusivos