CP acaba com o primeiro Alfa Pendular do dia

Segundo a empresa, a decisão foi tomada porque o comboio em causa "é o Alfa Pendular que regista menor procura"

A partir de 5 de agosto, o primeiro Alfa Pendular entre Lisboa e Porto só chega à Invicta às 10.05. A CP - Comboios de Portugal informou esta terça-feira das alterações de horários, que entram em vigor já no início do próximo mês.

Assim, o comboio Alfa Pendular que atualmente tem partida de Santa Apolónia às 6.00 com destino a Porto Campanhã, onde chega às 8.44, deixará de se realizar, conforme avançou a Renascença.

Segundo a empresa, em resposta ao DN, a decisão foi tomada porque o comboio em causa "é o Alfa Pendular que regista menor procura (-46% do que a média dos Comboios Alfa Pendular) e a mais baixa taxa de ocupação média ao longo do percurso, uma vez que a sua partida de Lisboa ocorre muito cedo, motivo pelo qual uma parte significativa dos clientes viaja apenas no troço Coimbra B - Porto Campanhã".

Haverá um Intercidades que terá partida de Santa Apolónia às 06.30 e que chegará ao Porto perto das 10.00. A CP considera que este "dará uma resposta mais adequada à procura existente, uma vez que a sua lei de paragens e horário são mais atrativos".

Passará também a existir uma nova ligação de Alfa Pendular com partida de Lisboa às 09.00.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Anselmo Borges

"Likai-vos" uns aos outros

Quem nunca assistiu, num restaurante, por exemplo, a esta cena de estátuas: o pai a dedar num smartphone, a mãe a dedar noutro smartphone e cada um dos filhos pequenos a fazer o mesmo, eventualmente até a mandar mensagens uns aos outros? É nisto que estamos... Por isso, fiquei muito contente quando, há dias, num jantar em casa de um casal amigo, reparei que, à mesa, está proibido o dedar, porque aí não há telemóvel; às refeições, os miúdos adolescentes falam e contam histórias e estórias, e desabafam, e os pais riem-se com eles, e vão dizendo o que pode ser sumamente útil para a vida de todos... Se há visitas de outros miúdos, são avisados... de que ali os telemóveis ficam à distância...