Fogos em Castro Daire e Cinfães continuam a preocupar Proteção Civil

Viseu regista os dois fogos de maior gravidade no último balanço da Proteção Civil. Em Castro Verde, um incêndio entrou em fase de resolução, mas há um outro e grandes dimensões. As chamas lavram, também, em Cinfães.

O último balanço da Proteção Civil, às 23:00 deste domingo, indicam dois fogos com gravidade no distrito de Viseu. Um dos incêndios é em Castro Verde, que está a ser combatido por 240 bombeiros com recurso a 67 viaturas. O outro é em Cinfães, que envolve 116 bombeiros e 32 viaturas.

Às 23:00 deste domingo registavam-se 198 fogos, envolvendo 2058 operacionais, 635 meios terrestres e uma aeronave. Destes, 130 ainda decorriam, 10 estavam em resolução e 58 fase de rescaldo.

Um dos dois incêndios que tem lavrado com intensidade no concelho de Castro Daire, desde a madrugada deste domingo, entrou em fase de resolução às 17:45, disse à agência Lusa fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro.

No combate às chamas do fogo de Monteiras encontravam-se ainda envolvidos, às 18.10, 243 operacionais, apoiados por 70 viaturas, de acordo com a Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC).

O segundo incêndio, que lavra em Moledo, teve início às 02:24, e mobilizava à mesma hora 290 operacionais, apoiados por 76 veículos e nove meios aéreos. Fonte do CDOS de Viseu disse à agência Lusa que o combate "está a evoluir favoravelmente".

Estes dois incêndios são duas das três "ocorrências importantes" identificadas pela Proteção Civil ao final da tarde deste domingo.

A terceira ocorrência é o incêndio em Ancede, no concelho de Baião, distrito do Porto, com 71 operacionais, 16 meios terrestres e um meio aéreo.

Exclusivos