4500 euros em equipamentos e duas carrinhas roubadas a clube de Viana

Roubo à Associação Desportiva Darquense terá acontecido na madrugada de domingo.

Cerca de 4500 euros em equipamentos de treino, material informático e duas carrinhas foram roubadas, na última madrugada, da sede a Associação Desportiva Darquense, em Viana do Castelo, disse à Lusa o presidente do clube.

Em declarações à agência Lusa, Salvador Miranda explicou que é o "primeiro assalto desta dimensão" ao clube, fundado em 1975, com cerca de 300 atletas distribuídos pelo futebol e atletismo.

Contactado pela agência Lusa, o segundo comandante da PSP, Raul Curva, adiantou "uma das duas carrinhas furtadas já foi recuperada, estando em curso diligências para recuperar a segunda e identificar os autores do furto".

Segundo Salvador Miranda foram ainda roubados 60 'kits' de equipamentos, no valor de 4.500 euros, o computador onde constava toda a base de dados do clube e uma impressora e até o 'router' da Internet".

A carrinha recuperada, adiantou "encontrava-se abandonada, junto ao rio, nas proximidades da ponte nova de Viana do Castelo".

"Levaram o rádio e rebentaram o depósito para roubar o combustível. Deixaram no interior da carrinha garrafas de sumos e outros vestígios que já estão a ser investigados pelos agentes da PSP de Viana do Castelo que também já estiveram na sede o clube", explicou Salvador Miranda.

O presidente da Associação Desportiva Darquense acrescentou que o roubo "terá ocorrido durante a madrugada" e que "não terá sido obra de uma única pessoa".

"Detetamos o roubo entre as 07:00 e as 08:00 porque uma das nossas equipas tinha jogo em Ponte da Barca e precisava das carrinhas, que deixamos estacionadas no parque do clube. O portão, elétrico, foi danificado para conseguirem sair com as viaturas. Para facilitar a partida dos jogadores tínhamos deixado as chaves das duas carrinhas na área administrativa que foi virada do avesso", especificou.

Segundo Salvador Miranda, os larápios "terão forçado a janela do museu do clube, por onde terão entrado e acedido às restantes áreas da sede", situada na margem esquerda do rio Lima, em Viana do Castelo.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Henrique Burnay

A ameaça dos campeões europeus

No dia 6 de fevereiro, Margrethe Vestager, numa só decisão, fez várias coisas importantes para o futuro da Europa, mas (quase) só os jornais económicos repararam. A comissária europeia para a Concorrência, ao impedir a compra da Alstom pela Siemens, mostrou que, onde a Comissão manda, manda mais do que os Estados membros, mesmo os grandes; e, por isso mesmo, fez a Alemanha e a França dizerem que querem rever as regras do jogo; relançou o debate sobre se a Europa precisa, ou não (e em que condições), de campeões para competir na economia global; e arrasou com as suas possibilidades (se é que existiam) de vir a suceder a Jean-Claude Juncker.

Premium

Anselmo Borges

Islamofobia e cristianofobia

1. Não há dúvida de que a visita do Papa Francisco aos Emirados Árabes Unidos de 3 a 5 deste mês constituiu uma visita para a história, como aqui procurei mostrar na semana passada. O próprio Francisco caracterizou a sua viagem como "uma nova página no diálogo entre cristianismo e islão". É preciso ler e estudar o "Documento sobre a fraternidade humana", então assinado por ele e pelo grande imã de Al-Azhar. Também foi a primeira vez que um Papa celebrou missa para 150 mil cristãos na Península Arábica, berço do islão, num espaço público.

Premium

Adriano Moreira

Uma ameaça à cidadania

A conquista ocidental, que com ela procurou ocidentalizar o mundo em que agora crescem os emergentes que parecem desenhar-lhe o outono, do modelo democrático-liberal, no qual a cidadania implica o dever de votar, escolhendo entre propostas claras a que lhe parece mais adequada para servir o interesse comum, nacional e internacional, tem sofrido fragilidades que vão para além da reforma do sistema porque vão no sentido de o substituir. Não há muitas décadas, a última foi a da lembrança que deixou rasto na Segunda Guerra Mundial, pelo que a ameaça regressa a várias latitudes.