Carteiristas tentaram assaltar mulher agente da PSP no Martim Moniz

Dois carteiristas procuraram furtaram telemóvel a agente da Polícia de Segurança Pública (PSP) a 10 de dezembro no interior da estação de metro do Martim Moniz

Dois carteiristas, com 23 e 29 anos de idade, tentaram assaltar uma agente da Polícia de Segurança Pública (PSP) no dia 10 de dezembro, no interior da estação de metro do Martim Moniz, em Lisboa.

De acordo com um comunicado de imprensa da Divisão de Investigação Criminal do Comando Metropolitano de Lisboa da PSP, "a agente deslocava-se para o seu local de trabalho, quando no interior da estação do Metropolitano do Martim Moniz foi surpreendida por dois carteiristas que a tentaram assaltar".

"Enquanto um deles sob falso pretexto de ajudar a transportar as malas distraiu a Agente da PSP, o segundo retirou-lhe o telemóvel do bolso do casaco. Apercebendo-se deste crime contra si cometido, prontamente intercetou o carteirista com o seu telemóvel sendo que o segundo encetou fuga. Telefonicamente contactou com os polícias da PSP que se dedicam ao combate de carteiristas que, poucos minutos depois, intercetaram o suspeito em fuga", refere a nota da PSP.

De acordo com o mesmo documento, os dois detidos estão "sobejamente conotados com este crime", tendo sido "detidos e indicados em mais de 15 situações idênticas nos últimos meses" e "tendo ambos penas de prisão suspensas".

Ler mais

Exclusivos