Material de desencarceramento de 36 mil euros roubado aos Bombeiros de Miranda do Douro

Com este roubo, os bombeiros ficam "limitados na sua capacidade operacional em caso de acidente"

DN/Lusa
© D.R.

Material de desencarceramento avaliado em 36 mil euros foi furtado do parque de viaturas dos Bombeiros de Miranda do Douro, no distrito de Bragança, disse esta quarta-feira à agência Lusa o presidente daquela Associação Humanitária.

"Levaram o gerador, tesouras, e outro material que equipa a viatura de desencarceramento ao serviço dos bombeiros"

Ulisses Firmino contou que os autores do furto entraram ao início da madrugada desta quarta-feira na garagem principal do quartel, onde se encontrava estacionada viatura que continha o equipamento de socorro.

"Levaram o gerador, tesouras, e outro material que equipa a viatura de desencarceramento ao serviço dos bombeiros", detalhou o dirigente.

Esta situação, disse, deixa os Bombeiros de Miranda do Douro "limitados na sua capacidade operacional em caso de acidente".

"Quem entrou aqui conhecia bem as instalações e o dia-a-dia da corporação", vincou Ulisses Firmino.

A GNR de Miranda do Douro está a investigar a ocorrência.