Inquérito à queda de avião em Tires arquivado

"Insuficiência de indícios de crime" é a justificação para arquivar inquérito. Queda da aeronave fez cinco mortos.

O inquérito à queda de um avião em Tires, concelho de Cascais, que fez cinco mortos, em abril do ano passado, foi arquivado por "insuficiência de indícios de crime", anunciou esta segunda-feira o Ministério Público.

"O MP concluiu que não se logrou apurar a causa imediata da queda da aeronave que transportava os quatro ocupantes e, por essa via, a causa da morte dessas pessoas e do motorista do veículo pesado de mercadorias. Em consequência, o MP determinou o arquivamento do inquérito, por insuficiência de indícios de crime", anunciou a Procuradoria-Geral Distrital de Lisboa (PGDL).

O inquérito foi dirigido pela primeira secção do Departamento de Investigação e Ação Penal de Cascais.

Exclusivos