Incêndio numa serração de Viseu provoca cinco feridos ligeiros

Desconhecem-se ainda as causas que originaram o incêndio.

Um incêndio numa serração ao início da tarde de hoje provocou cinco feridos ligeiros e perda total do espaço, disse à agência Lusa o comandante de operações em Póvoa de Medronhosa, local numa freguesia urbana de Viseu.

"Há a perda total da oficina de serração e há ainda cinco vítimas, das quais três foram transportadas ao hospital, duas por intoxicação, e mais duas vítimas que ficaram no local, assistidas pelo INEM, mas não houve necessidade de transporte", contou Rui Nogueira.

O segundo comandante dos Bombeiros Municipais de Viseu esclareceu ainda à agência Lusa que as vítimas são todas civis e, "que conheça, sem qualquer ligação à serração".

Quando chegaram ao local, acrescentou, a serração "estava a arder com intensidade e, neste momento (15:00), está dominado".

Segundo o comandante de operações, no local estavam, às 15:00, cerca de 50 operacionais e 14 viaturas das corporações dos bombeiros municipais e voluntários de Viseu e dos voluntários de Tondela, INEM e agentes da Polícia de Segurança Pública e da Municipal.

"Procedemos à proteção de habitações contíguas e de uma pequena oficina de estofador", explicou Rui Nogueira que disse "desconhecer as causas", tendo sido "já acionada a Polícia Judiciária para o local".

Segundo fonte da Proteção Civil de Viseu, o alerta do incêndio em Póvoa de Medronhosa, da União de Freguesias de Repeses e São Salvador, no concelho de Viseu, foi dado às 13:07.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG