Exclusivo Há uma bactéria a ameaçar as oliveiras que pode custar milhões

A Xylella fastidiosa é a maior ameaça à cultura de olival no sul da Europa. Mas não só: há mais de 300 espécies vegetais vulneráveis, entre as quais árvores de fruto. Em Portugal estão identificados 69 focos, nenhum em olival. Novo estudo admite perdas astronómicas, sobretudo em Espanha.

O perigo está identificado desde 2013, quando uma bactéria denominada Xylella fastidiosa dizimou os olivais em Apúlia, no sul de Itália, levando ao abate de milhões de árvores. Nos últimos anos, este agente infeccioso saltou fronteiras para os restantes países europeus - Portugal incluído - que se têm esforçado por travar a disseminação da praga, que pode afetar mais de 300 espécies vegetais, e não tem cura.

Agora, um estudo publicado na revista Proceedings of the National Academy of Sciences (PNAS) traça vários cenários possíveis para a propagação da doença nos olivais, estimando custos que podem ultrapassar os vinte mil milhões de euros.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG