Estado e Fertagus vão assinar acordo que estende concessão da travessia no Tejo

Este ano, a Fertagus transportou diariamente mais de 98 mil passageiros, o que traduz um aumento de 40% face ao ano anterior.

O Estado e a Fertagus assinam esta quinta-feira, dia 26 de dezembro, o acordo de reposição do equilíbrio financeiro do contrato de concessão da travessia ferroviária na Ponte 25 de abril que prevê a prorrogação desta concessão até 2024.

A Fertagus, empresa do Grupo Barraqueiro, tem a concessão ferroviária da Ponte 25 de Abril desde 1998, prevendo o acordo que agora vai ser assinado a sua prorrogação por mais quatro anos e nove meses, até 30 de setembro de 2024.

Para a presidente executiva da empresa, Cristina Dourado, esta prorrogação do contrato de concessão " vai permitir a manutenção de um serviço público ferroviário de transporte de passageiros entre Lisboa e Setúbal de qualidade".

Esta assinatura ocorre depois de, em 19 de dezembro ter sido publicado em Diário da República o diploma que determina a prorrogação o contrato de concessão até setembro de 2024.

A concessão ferroviária na Ponte 25 de Abril foi atribuída à Fertagus na sequência de um concurso público internacional. Os comboios da Fertagus fazem a ligação entre as estações de Roma-Areeiro (em Lisboa) e a cidade de Setúbal, realizando uma média de 149 viagens por dia, o que permite retirar diariamente da ponte cerca de 30 mil carros.

Este ano, a Fertagus transportou diariamente mais de 98 mil passageiros, o que traduz um aumento de 40% face ao ano anterior.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG