Demitem-se chefes de equipa de urgência do hospital D. Estefânia

Médicos dizem que houve "quebra de compromisso" porque não foram contratados mais médicos

Os chefes de equipa de urgência do hospital D. Estefânia, em Lisboa, apresentaram hoje a sua demissão à administração, considerando que houve "quebra do compromisso" feito pela instituição de contratar mais médicos.

O anúncio, feito hoje, refere que os médicos consideram que a situação "é insustentável".

A demissão foi apresentada por todos os chefes de equipa e coordenadores daquele serviço, num total de 10.

O bastonário dos Médicos, que tinha marcado para hoje uma visita àquele hospital de Lisboa está reunido com a administração, depois de ter criticado, na terça-feira, as "graves carências de recursos humanos" na instituição.

Exclusivos