Calor deixa oito distritos sob aviso amarelo e mais de 60 concelhos em risco máximo de incêndio

Temperaturas máximas vão chegar aos 38.º (Évora) e as mínimas não vão baixar dos 16.º (Leiria, Coimbra, Braga e Viana do Castelo)

Oito distritos de Portugal continental estão esta quinta-feira sob aviso amarelo, até às 21:00, devido à persistência de valores elevados da temperatura máxima, de acordo com o Instituto Português do Mar e da Atmosfera.

Os distritos em causa são Bragança, Vila Real, Castelo Branco, Portalegre, Lisboa, Évora, Setúbal e Beja.

O aviso amarelo é emitido pelo IPMA sempre que existe uma situação de risco para determinadas atividades dependentes da situação meteorológica.

Quanto à radiação ultravioleta, todo o território de Portugal continental apresenta esta quinta-feira um risco muito elevado, com exceção dos distritos de Portalegre, Évora e Beja que estão sujeitos a um risco extremo.

Nas situações de risco muito elevado é aconselhado a utilização de óculos de sol com filtro UV, chapéu, t-shirt, guarda-sol e protetor solar, e que se evite a exposição das crianças ao sol, enquanto no risco extremo é pedido que as pessoas permaneçam em casa.

O cálculo do risco de exposição à radiação ultravioleta (UV) é feito com base nos valores observados às 13:00 de cada dia relativamente à temperatura do ar, humidade relativa, velocidade do vento e quantidade de precipitação nas últimas 24 horas.

Para esta quinta-feira é esperada nebulosidade matinal no litoral oeste de Portugal continental e vento por vezes forte nafaixa costeira ocidental a partir da tarde. Há ainda possibilidade de aguaceiros e trovoada no interior Norte e Centro durante a tarde.

Nos Açores, o céu estará muito nublado, mas com abertas, prevendo-se aguaceiros no grupo central.

Para a Madeira esperam-se períodos de céu muito nublado, embora pouco nublado nas vertentes sul da ilha da Madeira. O vento será fraco a moderado, soprando por vezes forte nas terras altas e nos extremos leste e oeste da ilha da Madeira.

Interior norte mais ameaçado pelos incêndios

Mais de 60 concelhos dos distritos de Bragança, Vila Real, Braga, Viseu, Coimbra, Guarda, Portalegre, Santarém e Faro estão esta quinta-feira em risco máximo de incêndio.

Segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), em risco muito elevado e elevado mais de 150 municípios do interior Norte e Centro e de todo o sul do país.

A exceção vai para cerca de 50 concelhos, sobretudo no litoral, nos distritos de Porto, Braga, Aveiro, Coimbra, Leiria, Lisboa e Setúbal, que apresentam risco moderado a reduzido.

O risco de incêndio, que se manterá elevado em praticamente todo o país nos próximos dias, é determinado pelo IPMA e tem cinco níveis, que vão de reduzido a máximo.

Os cálculos são obtidos a partir da temperatura do ar, humidade relativa, velocidade do vento e quantidade de precipitação nas últimas 24 horas.

As temperaturas máximas vão chegar aos 38.º (Évora) e as mínimas não vão baixar dos 16.º (Leiria, Coimbra, Braga e Viana do Castelo)

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG