Barcelos: trabalhador morre atingido por empilhador

O corpo foi transportado para a morgue do Hospital de Barcelos.

Um homem de 28 anos morreu esta terça-feira de manhã em Barcelos na sequência de um acidente de trabalho com um empilhador, indicou à agência Lusa fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Braga. A vítima estaria a reparar o instrumento de trabalho quando este cedeu e bateu no trabalhador, levando à sua morte no local, adianta, ao DN, fonte da Guarda Nacional Republicana (GNR) de Braga.

A ocorrência foi registada numa fábrica de alumínios, às 09:00, em Cossourado, no concelho de Barcelos, distrito de Braga. "O rapaz, de 28 anos, ao manobrar um empilhador ficou debaixo da máquina e faleceu no local", descreveu a mesma fonte do CDOS de Braga.

No local estiveram, ainda, os Bombeiros Voluntários de Barcelos, bem como uma equipa do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM), após várias tentativas de reanimação, as entidades de socorro já não conseguiram reverter a situação. O corpo foi transportado para a morgue do Hospital de Barcelos.

Segundo Telmo Monteiro, da GNR de Braga, "este tipo de acidentes mortais não é muito frequente na zona de Barcelos". De acordo com a Autoridade para as Condições do Trabalho (ACT), até maio deste ano foram registados 72 casos de acidentes graves no trabalho em todo o país, por sua vez, no que toca a acidentes mortais registaram-se 31 ocorrências.

Braga e Lisboa lideravam as tabelas referentes a acidentes graves e mortais no trabalho até maio, tendo os valores mais elevados comparativamente às restantes regiões do país.

Exclusivos