Altice regista aumento do tráfego e apela a uso responsável das redes

A Altice Portugal tem registado "um progressivo aumento do tráfego de dados na rede fixa", devido ao número de pessoas em teletrabalho, e apela "a todos para um uso responsável das redes".

Questionada pela Lusa sobre se tem havido congestionamento da rede, fonte oficial da dona da Meo disse que, "face ao cenário atual da saúde pública, e tal como esperado face ao volume de população em ambiente de teletrabalho, a Altice Portugal tem registado um progressivo aumento do tráfego de dados na rede fixa, em particular associado ao acesso à Internet e serviços de IPTV residencial (gravações automáticas e VoD)".

Adiantou ainda que a rede nacional "não tem qualquer registo de problemas".

Já "no que respeita a ligações e trânsitos internacionais, registaram-se situações pontuais de elevada ocupação que foram mitigadas com manobras normais de gestão de tráfego", prosseguiu a mesma fonte.

"Há ampliações e reforço adicionais a este nível que se encontram programadas para os próximos dias e sempre que tal se venha a justificar", disse, salientando que em termos de rede móvel "não há registo de problemas".

Com o objetivo de garantir o pleno funcionamento das comunicações, "a Altice Portugal apela, no entanto, a todos para um uso responsável das redes, nomeadamente no que diz respeito ao acesso a conteúdos de Internet".

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da Covid-19, infetou mais de 210 mil pessoas em todo o mundo, das quais mais de 8.750 morreram. Das pessoas infetadas, mais de 84.000 recuperaram da doença.

O surto começou na China, em dezembro, e espalhou-se já por 170 países e territórios, o que levou a Organização Mundial da Saúde (OMS) a declarar uma situação de pandemia.

Em Portugal, a Direção-Geral da Saúde (DGS) elevou hoje o número de casos confirmados de infeção para 642, mais 194 do que na terça-feira. O número de mortos no país subiu para dois.

Dos casos confirmados, 553 estão a recuperar em casa e 89 estão internados, 20 dos quais em Unidades de Cuidados Intensivos (UCI).

O boletim divulgado pela DGS assinala 5.067 casos suspeitos até hoje, dos quais 351 aguardavam resultado laboratorial.

Das pessoas infetadas em Portugal, três recuperaram.

A Assembleia da República aprovou hoje o decreto de declaração do estado de emergência que lhe foi submetido pelo Presidente da República com o objetivo de combater a pandemia de Covid-19, após a proposta ter recebido pareceres favoráveis do Conselho de Estado e do Governo.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG