37 adeptos do Benfica detidos em Alvalade

A PSP levou grupo de adeptos para a esquadra de Telheiras. Um ficou detido por resistência à polícia e os restantes 36 foram identificados e saíram em liberdade

A Polícia de Segurança Pública impediu 37 adeptos do Benfica de entrar no Pavilhão João Rocha, no Campo Grande, por considerar que este grupo se preparava para criar desacatos no recinto onde se disputou o encontro entre o Benfica e o Sporting de apuramento para a final four da Liga dos campeões de futsal.

O grupo foi detido pelos agentes quando faltava cerca de meia hora para o início do jogo - que terminou empatado a um golo resultado que garantiu ao Sporting a presença na próxima fase da competição.

De acordo com as informações divulgadas pelo superintendente Pinto, os adeptos tinham na sua posse luvas com proteção de plástico, balaclavas (gorros) e proteções para os dentes.

Depois de terem impedido a entrada do grupo no pavilhão - todos eles tinham bilhete para assistir ao desafio - a PSP levou os 37 adeptos para a esquadra de Telheiras. Depois de terem sido identificados, 36 saíram em liberdade, tendo um ficado detido por ter resistido às ordens da PSP.

O superintendente Pinto adiantou que muitos destes adeptos estão referenciados pela PSP como fazendo parte de uma das claques do Benfica. Acrescentou que tanto durante o jogo como depois não se registaram mais incidentes tendo os adeptos seguido as indicações dos elementos da polícia presentes no recinto.

Exclusivos