Gosto de Sócrates

1 Aviso que não sou o "socrático Sérgio Figueiredo" que "vai para diretor de informação da TVI", como anda Luís Marques Mendes para aí a dizer a todos - incluindo ao Presidente da República.

Mas também não o escondo: estive muitas vezes próximo do homem, alimentámos conversas que vão muito além da política e do futebol. Embora predominantemente profissional, a relação de dez anos não ficou pela superficialidade. Tornou-se pessoal. Com Sócrates, não com Marques Mendes, evidentemente!

Confesso a angústia, contida, só minha, em segredo até começar a escrever estas linhas, diante da alucinante história que assistimos desde a noite de sexta-feira. Gosto de Sócrates, não o escondo.

Leia mais na edição impressa e no e-paper do DN.

Exclusivos