Senhoras à janela

Quando o Ferdinando me veio visitar comentou que nunca tinha visto tantas senhoras à janela como em Lisboa. "Foi o que mais gostei na cidade", disse ainda o italiano que já leu muito Pessoa.

O Ferdinando tinha razão, passei a tomar nota e a apreciar os vários estilos com que se pratica o janelismo. Algumas fazem renda, outras conversam com as vizinhas, há quem regue as plantas, quem afague o cãozinho ou o gato e algumas estendem a roupa devagar, meticulosamente, esticando com as mãos enrugadas os lençóis e o tempo.

As senhoras à janela deveriam ser património cultural da UNESCO, são os olhos e os ouvidos das casas, a alma e a memória da cidade.

Exclusivos

Premium

Contramão na autoestrada

Concessionárias querem mais formação para condutores idosos

Os episódios de condução em sentido contrário nas autoestradas são uma realidade recorrente e preocupante. A maioria envolve pessoas idosas. O tema é sensível. Soluções mais radicais, como uma idade para deixar de conduzir, avaliação médica em centros específicos, não são consensuais. As concessionárias das autoestradas defendem "mais formação" para os condutores acima dos 70 anos.