Sociedade 5.0, desafios e oportunidades

O que ganha uma empresa em fazer uso da sociedade 5.0 para o seu futuro? Tudo. Porquê? Porque uma empresa só tem sucesso quando tem pessoas felizes. E cabe ao seu líder essa função. Como? Criando todas as condições que ajudem a melhorar o dia-a-dia de cada um dos seus colaboradores, porque, ao fazê-lo, vai estar a contribuir para uma sociedade mais feliz, mais satisfeita e, consequentemente, mais produtiva.

Sociedade 5.0 é um conceito que partiu do Japão, mas que já se espalhou pelo mundo e que pode revolucionar muito mais do que a Indústria 4.0. Porque promete revolucionar a sociedade por um bem maior: a humanidade. Ou seja, enquanto a Indústria 4.0 se centra no melhoramento da produção, num conceito fabril e de negócio puro e duro, a Sociedade 5.0 procura o melhoramento da qualidade de vida do ser humano.

A nova era da Sociedade 5.0 passa pela compreensão de que tudo no futuro estará conectado e de que a sociedade terá de ser adaptável. O Japão fê-lo antes de todos os outros por uma razão simples: o envelhecimento da população, um dilema da terceira maior economia do mundo, mas também da Europa e de muitos outros locais espalhados pelo globo.

A ideia de uma Sociedade 5.0 é que a tecnologia deve servir para melhorar a qualidade de vida de cada um de nós, colocando os sistemas inteligentes ao serviço do ser humano, ajudando-o a resolver problemas como: envelhecimento da população, limitação de energia elétrica, desastres naturais, segurança e desigualdade social. E para as empresas? Será um desafio, sem dúvida. Sobretudo porque exige uma mudança de mentalidades e um assumir de novos desafios. Mas as oportunidades podem ser infinitamente maiores do que os riscos que o desafio acarreta, porque teremos colaboradores mais felizes, mais integrados e mais comprometidos com a empresa. Um ambiente mais transparente e resultados certamente mais promissores.

Vale a pena arriscar e deixar que os filmes futuristas passem a ser uma realidade, colocando os avanços da tecnologia ao serviço da sociedade. Haverá muitos desafios, mas muitas mais serão as oportunidades. Acredito que será uma vantagem inigualável para trabalhadores, empresas e para cada país que implementar este conceito.

Consultor

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG