Detetive privado dos McCann encontrado morto e "coberto de sangue"

O detetive que cobrou 330 mil euros a Kate e Gerry para encontrar Maddie McCann, menina desaparecida no Algarve a 3 de Maio de 2007, foi encontrado morto e "coberto de sangue". Kevin Halligen, o agente secreto contratado para encontrar Madeleine McCann e posteriormente acusado de burla pelos McCann, foi assassinado na segunda-feira, aos 56 anos, avançou este sábado o "Daily Mail". O corpo do detetive foi encontrado numa propriedade perto de Guildford, Inglaterra, na segunda-feira. Não há qualquer suspeita de envolvidos no assassinato, garantiu um porta-voz da polícia à mesma publicação.

Para saber mais clique aqui: www.n-tv.pt

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG