Kate Winslet, em entrevista exclusiva à Notícias Magazine

Em exclusivo para Portugal, uma conversa com a atriz das curvas normais que, aos 40 anos, recusa Photoshop nas suas campanhas publicitárias e que está de regresso com Steve Jobs, num papelão que pode vir a dar-lhe mais um Óscar.

No Hotel Corintia, em Londres, coqueluche cinco estrelas da capital inglesa, sufoca-se com tanto luxo. A salvação é trazida pelas palavras de Kate Winslet, que quebra o gelo garantindo que tem um dom: sabe sempre se já falou com este ou aquele jornalista. Decora as caras, defeito profissional, diz ela. Um defeito que joga a nosso favor. Lembra-se da cara, mas não do nome. Não desarma, no entanto. «Mas é claro que sei sempre se já estive com este ou com aquele jornalista, duhh.» A indignação é programada. Esta lindíssima, com umas calças pretas que lhe acentuam as formas normais, um rosto luminoso, sem retoques, aliás, com pouca maquilhagem. É por essas e por outras que, além de ser uma das melhores atrizes do mundo, Kate é também uma das mais queridas pelo público. São coisas diferentes: poderia ser bitchy e um talento do outro mundo. Mas não, é um talento do outro mundo e acessível. Daquelas que dizem tudo. Como nesta conversa, que pode ler na Notícias Magazine.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG