Shawn Mendes: o rapaz do momento

Justin Bieber tem sucessor. E com sotaque português. Shawn Mendes, filho de um algarvio de Lagos, cresceu no Canadá e é um ídolo para adolescentes do mundo inteiro.

Esta é a história de um concerto à beira da histeria, em Madrid. E de como a internet produziu um fenómeno que chegou ao primeiro lugar dos tops.

O primeiro espetáculo que Shawn Mendes deu ao vivo foi em Portugal. Aconteceu há três anos, aconteceu na Baixa de Lagos e aconteceu espontaneamente. O pai, Manuel Mendes, queria mostrar as raízes familiares aos filhos e tinha organizado umas férias no Algarve. Era verão - o rapaz lembra-se de que estava mais quente do que em Toronto, a cidade canadiana onde vive e nasceu há 17 anos. «Os meus pais andavam por ali a fazer compras e eu fui para o centro de uma praça. Pus-me a cantar em voz alta uma música do Bruno Mars. As pessoas pararam, ficaram a assistir, no final aplaudiram. Pronto, correu bem.»

Há umas semanas, Shawn cantou em Madrid e agora estava muito longe de ser um ilustre desconhecido. Os bilhetes para o concerto esgotaram em três horas e na verdade ele quase não precisava de ter cantado nada, porque o público conhecia todas as letras de cor e entoou-as em uníssono, durante mais de uma hora. Desde Justin Bieber que o mundo não conhecia um fenómeno adolescente destas dimensões. Mendes chegou ao primeiro lugar do top da tabela da revista Billboard com o álbum de estreia, Handwritten.

Continue a ler este artigo na Notícias Magazine.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Nuno Artur Silva

Notícias da frente da guerra

Passaram cem anos do fim da Primeira Guerra Mundial. Foi a data do Armistício assinado entre os Aliados e o Império Alemão e do cessar-fogo na Frente Ocidental. As hostilidades continuaram ainda em outras regiões. Duas décadas depois, começava a Segunda Guerra Mundial, "um conflito militar global (...) Marcado por um número significativo de ataques contra civis, incluindo o Holocausto e a única vez em que armas nucleares foram utilizadas em combate, foi o conflito mais letal da história da humanidade, resultando entre 50 e mais de 70 milhões de mortes" (Wikipédia).