Voo entre LA e Tóquio volta para trás porque um passageiro estava no voo errado

Voo entre LA e Tóquio durava onze horas, mas o avião acabou por voar oito: depois de quatro horas de viagem, voltou aos EUA para devolver o passageiro. Manequim Chrissy Teigen estava a bordo e relatou o episódio

Um avião da companhia aérea All-Nippon Airways, que fazia a ligação entre Los Angeles, nos Estados Unidos da América, e Tóquio, no Japão, voltou para trás a meio do voo na terça-feira, dia 26 de dezembro, por transportar um passageiro que, afinal, estava no voo errado.

Entre os cento e cinquenta passageiros do avião obrigado a regressar estavam o cantor John Legend e a mulher, a manequim Chrissy Teigen, que relatou em direto no Twitter os acontecimentos. "Quatro horas num voo de onze e estamos a voltar para trás, porque temos um passageiro que não é suposto estar neste avião. Porquê? Por que é que temos que ir todos atrás? Eu não sei", escreveu a americana aos nove milhões de seguidores.

De acordo com Teigen, o passageiro tinha alegadamente um bilhete da companhia aérea United Airlines e não da All-Nippon Airways, "por isso, basicamente, o scanner de embarque não passa de uma máquina que faz "beep" e que regista para lado nenhum", continuou.

Segundo a emissora de televisão KTLA, o piloto foi informado sobre o passageiro com o bilhete não autorizado e decidiu regressar ao aeroporto de Los Angeles, conforme o procedimento de segurança da companhia.

"Esta pessoa tem sorte que tenhamos todos de desembarcar. Imaginem ter que sair sozinha. Que vergonha!", escreveu Teigen no Twitter, adiantando que os passageiros foram interrogados antes de abandonarem o avião.

As autoridades, que estão a investigar o caso, registaram um alegado clandestino.

A manequim pareceu divertir-se a relatar tudo o que conseguiu apurar sobre o incidente. "Não vou conseguir dormir enquanto não perceber como é que esta pessoa conseguiu entrar no avião errado. É tudo o que peço", escreveu.

O voo, que durou um total de oito horas e vinte minutos, com partida e chegada em Los Angeles, deveria ter chegado a Tóquio em onze horas.

Depois de cerca de cinco horas de espera, Teigen informou que ia descolar novamente em direção ao Japão, fazendo figas para que a ementa da refeição no avião fosse diferente. "Por favor, que o menu seja outro".

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG