Violação de bebé de 8 meses revolta a população

Crime foi alegadamente cometido por rapaz de 28 anos, primo da vítima

A capital da Índia, Deli, foi domingo palco de um crime que está a gerar revolta na população, que desde segunda-feira tem organizado manifestações. Uma bebé de 8 meses foi violada, alegadamente pelo primo, de 28 anos.

A menina encontra-se em risco de vida, no hospital. A polícia prendeu o rapaz.

A líder da Comissão de Proteção das Mulheres de Deli, Swati Maliwal, visitou o bebé no hospital e, segundo a BBC, descreveu os seus ferimentos como "horrendos". Na rede social Twitter, afirmou que a menina tinha sido submetida a uma intervenção cirúrgica que durou três horas e que os seus gritos podiam ser ouvidos "em todo o hospital".

O caso volta a trazer a primeiro plano a discussão sobre a violência sexual na Índia. Segundo os dados oficiais mais recentes, em 2016 foram registados 19765 violações de menores no país, no que é um aumento de 82% relativamente ao ano anterior.

Um dos casos mais recentes do género ocorreu em 2015, quando uma bebé de três meses foi raptada e abusada numa cidade do sul do país. A BBC lembra ainda um caso, ocorrido pouco antes, de uma criança de 11 meses violada durante duas horas por um vizinho.

Após de este novo crime ter sido noticiado, na segunda-feira, têm-se repetido manifestações populares em Deli exigindo ação por parte das autoridades para que situações deste género não se repitam.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG