Wikipedia rejeitou página de vencedora do Nobel

Gérard Mourou, com quem Strickland dividiu o prémio, tinha uma página na enciclopédia desde 2005

Se tentasse fazer uma pesquisa na Wikipédia sobre Donna Strickland no momento em que a Real Academia Sueca das Ciências a anunciou como vencedora do Nobel da Física, não iria encontrar nada. Isto porque, conta o The Guardian, até cerca de uma hora e meia após o anúncio, a física canadiana não era considerada suficientemente importante para merecer a sua própria página na enciclopédia online.

Donna Strickland, a primeira mulher a ganhar o prémio nos últimos 55 anos, é professora de física e astronomia na Universidade de Waterloo e ex-presidente da Optical Society.

Em março, quando um utilizador da Wikipédia tentou criar um perfil da cientista, agora vencedora do Nobel da Física, a criação da página foi negada pelo moderador. A justificação? As referências da submissão não indicavam que o sujeito em causa estava qualificado para um artigo na enciclopédia.

Após o anúncio feito na terça-feira - Strickland foi distinguida juntamente com Arthur Ashkin e Gérard Mourou pelos seus trabalhos na área da física do laser - o The Guardian diz que a comunidade da Wikipédia se esforçou para rapidamente construir um perfil com informações sobre a biografia, a investigação e os prémios.

Gérard Mourou, com quem Strickland dividiu o prémio, tinha uma página na enciclopédia desde 2005, o que levantou polémica sobre a marginalização das mulheres na ciência e o preconceito de género na Wikipédia.

Até à data, só duas mulheres venceram o Nobel da Física além da canadiana: Maria Goeppert Mayer em 1963 e Marie Curie.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG