Varadkar disposto a falar "sem condições prévias" com Boris Johnson

O primeiro-ministro irlandês deixa o alerta: "Devíamos ter medo de um Brexit sem acordo."

O primeiro-ministro irlandês, Leo Varadkar, disse esta sexta-feira que está disponível para se encontrar com o novo primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, para discutir os seus planos de Brexit "sem condições prévias".

Johnson tem dito que não vai retomar as negociações de Brexit até a União Europeia concordar em retirar do acordo de saída o backstop, o mecanismo de salvaguarda destinado a evitar uma fronteira física entre Irlanda do Norte e República da Irlanda.

"Falei com o novo primeiro-ministro britânico por telefone e convidei-o a vir a Dublim discutir estes assuntos sem condições prévias", disse Varadkar aos jornalistas. O telefonema ocorreu na terça-feira, quase uma semana depois de Boris Johnson substituir Theresa May no número 10 de Downing Street.

"Acho que devíamos ter medo de um Brexit sem acordo. Um Brexit sem acordo terá um impacto muito grande na economia a norte e a sul e na Grã-Bretanha", defendeu. "Poderá ter implicações ao nível da segurança, assim como ao nível constitucional", acrescentou.

Varadkar indicou ainda ter reparado num "aumento da retórica" sobre o Brexit mas lembra que isso não veio do governo irlandês, cuja mensagem tem sido "muito medida e muito consistente".

O primeiro-ministro da República da Irlanda disse ainda que não é claro que Johnson possa ser imparcial ao lidar com as negociações entre os nacionalistas irlandeses e os unionistas pró-Brexit na Irlanda do Norte, mas que deve ter oportunidade de provar que o pode fazer. "Acaba de começar no seu novo emprego e acho que devemos dar-lhe uma hipótese", afirmou.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG