Uma petição online pede que os EUA vendam Montana ao Canadá. Por 1 bilião

São já mais de 12 mil os assinantes e acreditam que esta possa ser a solução para a dívida nacional.

A proposta foi lançada há mais de uma semana: vender o estado de Montana ao Canadá. O motivo? "Temos muita dívida e Montana é inútil" para os Estados Unidos, pode ler-se na descrição da petição online que já conta com 12 mil a assinar.

Numa petição que nas primeiras horas recebeu milhares de assinaturas, propõem que o estado seja vendido aos vizinhos dos EUA, por apenas um bilião de dólares. uma forma de, acreditam os proponentes, recuperar as finanças nacionais. Contudo, os planos parecem estar longe da realidade: vender Montana não iria resolver o problema financeiro do país que tem uma dívida que ronda os 22 biliões.

Há uma semana, no site, o criador da petição escreveu um comentário a confessar ter ficado "surpreendido" com a quantidade de pessoas que "apoiam a causa".

A proposta foi recebida com humor, mas também confusão, nas redes sociais. E até Bruce Anderson, um dos mais respeitados consultores e conselheiros do governo no Canadá, se intrometeu na discussão: "sem ofensa, Montana, mas um bilião parece-me caro".

Também esta semana, o jornal local Great Falls Tribune, do Montana, decidiu levar o assunto a um editorial, satirizando a petição. "Temos questões", começam por escrever. "Primeiro: como se atrevem? O Montana mantém os mísseis nucleares ou não? E continuaríamos a ser Montana ou seríamos chamados Southern Alberta? Ou Saskatchewan? Futebol canadiano: a sério?" - as dúvidas continuam.

No mesmo editorial, o jornal aponta ainda que grande parte dos assinantes é natural do estado que querem ver vendido. "Estão a tentar magoar os nossos sentimentos?", rematam.

Exclusivos