Última sondagem dá Bolsonaro bem lançado na corrida eleitoral no Brasil

O PT subiu cinco pontos percentuais depois da substituição de Lula da Silva por Fernando Haddad nas eleições Presidenciais

Jair Bolsonaro continua a liderar as intenções de voto para as eleições para a presidência do Brasil, de acordo com uma sondagem divulgada esta sexta-feira pela empresa Datafolha.

O candidato do PSL, que se encontra hospitalizado em São Paulo depois de ter sido vítima de um ataque, recolheu 26% das intenções de voto neste estudo, que inquiriu 2820 pessoas já depois de Lula da Silva ter desistido da corrida eleitoral na última segunda-feira.

O homem escolhido para ser o cabeça de lista do Partido Trabalhista (PT), Fernando Haddad, até então candidato a vice-presidente de Lula, recolhe 13% das intenções de voto, a par de Ciro Gomes (PDT).

Em comparação com o anterior estudo da Datafolha, publicado na segunda-feira, Jair Bolsonaro subiu dois pontos percentuais, mas quem mais subiu foi precisamente o PT que passou dos 9% para os 13%, o que pode ser associado com a desistência de Lula. Ciro Gomes mantém-se com a mesma percentagem da anterior sondagem.

Este estudo mediu também o nível de rejeição dos candidatos às Presidenciais do Brasil, sendo 44% dos inquiridos revela que nunca votariam em Jair Bolsonaro.

Curioso é que na simulação da segunda volta, Bolsonaro só está em vantagem num eventual duelo com Haddad, mas ainda assim a diferença é muito curta: 41% para o candidato do PSL, 40% para o cabeça de lista do PT.

Nesta sondagem, 55% dos inquiridos revelaram que estão absolutamente certos em relação em quem vão votar.

Exclusivos