Trump revela que exercícios faz: "Eu ando, eu isto, eu aquilo"

Presidente norte-americano garante que faz mais exercício do que as pessoas pensam. Médico da Casa Branca aconselhara mais atividade física

O presidente norte-americano revelou que segue um surpreendente regime de atividade física e garantiu: "Faço mais exercício do que as pessoas pensam". Numa entrevista à agência Reuters, Donald Trump admitiu que pode melhorar a dieta, depois de o médico da Casa Branca o ter aconselhado a uma alimentação mais saudável e a praticar mais exercício.

"Eu faço exercício", garantiu Donald Trump, 71 anos. "Quer dizer, eu ando, eu isto, eu aquilo", acrescentou o presidente dos Estados Unidos. "Eu corro para o prédio ao lado", disse ainda, sem se esquecer de referir a atividade física a jogar golfe, ainda que o percurso no campo seja feito num carrinho.

Na terça-feira, o médico da Casa Branca apresentou os resultados dos exames de saúde realizados ao presidente, concluindo que, de um modo geral, Trump goza de boa saúde. No entanto, aconselhou-o a cortar calorias, gorduras e hidratos de carbono na alimentação e a criar uma rotina de exercícios físicos. Ronny Jackson revelou que o presidente se comprometeu em tentar perder entre quatro e sete quilos, seguindo os conselhos médicos.

No entanto, nesta entrevista à Reuters, o presidente norte-americano não pareceu muito disposto a usar o ginásio da Casa Branca, tendo dado o exemplo de pessoa mais novas que conhece e que têm lesões nos joelhos ou anca devido à prática de exercício em excesso. "Não tenho esses problemas", gabou-se, observando atentamente os jornalistas que estavam na Sala Oval e comentando que estes estavam em boa forma.

Donald Trump vangloriou-se também de ter surpreendido os médicos com a performance numa passadeira de corrida, "a primeira vez em muito tempo". "Estava num ângulo muito íngreme e estive lá muito tempo", contou. "Eles ficaram surpreendidos. E disseram: 'Bem, pode parar. Isso é fantástico'. E eu disse: 'Posso ficar muito mais tempo se quiserem'".

Trump disse que acredita mais em dietas e admitiu alterar a alimentação. Ou melhor, sugere que o serviço de cozinha da Casa Branca faça alterações, nomeadamente servindo refeições mais pequenas.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG