Sobe para dois o número de mortos em tiroteio em escola da Califórnia

O hospital Henry Mayo, em Santa Clarita, localidade onde ocorreu o tiroteio, recebeu três feridos em estado crítico, acabando dois por falecer. O xerife do condado de Los Angeles anunciou no Twitter que o suspeito foi detido e encontra-se a receber tratamento hospitalar.

Um tiroteio numa escola secundária na cidade de Santa Clarita, no sul da Califórnia, provocou a morte a duas pessoas e quatro outras ficaram feridas, de acordo com as autoridades do Condado de Los Angeles. O suspeito, um asiático, já foi detido, de acordo com Alex Villanueva, xerife do condado de Los Angeles, que publicou a informação no Twitter, revelando que o homem está a receber tratamento num hospital.

De acordo informação do hospital Henry Mayo, em Santa Clarita, que recebeu quatro feridos, três homens e uma mulher, sendo que três deles estavam em estado crítico, acabando a mulher acabado por falecer já na unidade hospitalar.

A escola onde ocorreu o incidente, bem como outros estabelecimentos de ensino na região foram de imediatos fechados e as vias de acesso da região foram bloqueadas, enquanto decorreu a operação para capturar o suspeito, tendo ainda sido lançado um apelo para que as pessoas não frequentassem a área e que os habitantes trancassem as portas e janelas de suas casas.

No local estão seis equipas de emergência médica, seis ambulâncias e um meio aéreo.

Notícia atualizada às 21:00

Exclusivos