17 julho 2016 às 02h15

Sonhou ser futebolista. Agora quer ficar no poder até 2023

Aos 61 anos, Recep Tayyip Erdogan nega querer impor valores islâmicos na Turquia. Críticos acusam-no de silenciar os opositores

/img/placeholders/redacao-dn.png
Helena Tecedeiro
/img/placeholders/redacao-dn.png
Helena Tecedeiro