Soldado retira cinto de explosivos de corpo de criança

Menino de 7 anos teria sido enviado pelo Estado Islâmico para cometer um atentado suicida

Foi publicado na internet um vídeo que mostra um soldado iraquiano a desarmar uma bomba que um menino de 7 anos trazia à cintura. A criança iria cometer um atentado suicida e foi salva pelo militar.

A filmagem foi feita no dia 18 deste mês em Mossul, no Iraque. Segundo o Daily Mail, o menino tinha sido enviado pelo Estado Islâmico com a missão de se aproximar do exército. A criança foi encontrada entre as famílias de deslocados que fugiram do grupo jihadista.

No vídeo, vê-se o soldado a dizer à criança para não ter medo enquanto retira o cinto de explosivos. O menino trazia a bomba por baixo de uma t-shirt do Chelsea.

O soldado pede ao menino para levantar os braços e não se mexer, enquanto corta com uma tesoura os tecidos que envolvem a bomba e alguns fios.

Vários relatos comprovam que o Estado Islâmico usa civis como escudos humanos e os ataques suicidas são umas das formas de luta deste grupo terrorista.

As autoridades iraquianas, apoiadas pela coligação internacional sob comando norte-americano, estão a realizar desde fevereiro uma vasta operação para recuperar o oeste de Mossul do controlo do Estado Islâmico.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG