Sobe para dois o número de mortos em colapso de edifício no Tenerife

Nove das 28 pessoas que se encontravam no imóvel, situado numa das praias mais populares da maior ilha do arquipélago das Canárias, continuam desaparecidas

Os serviços de emergência retiraram hoje um segundo corpo dos escombros de um edifício de quatro andares que desabou na ilha de Tenerife, Espanha.

Nove das 28 pessoas que se encontravam no imóvel, situado numa das praias mais populares da maior ilha do arquipélago das Canárias, continuam desaparecidas, indicaram as autoridades.

Depois de terem trabalhado durante toda a noite, as equipas de resgate encontraram uma segunda vítima mortal - uma mulher, cuja idade ainda não foi determinada, informaram em comunicado.

Três pessoas foram resgatadas dos escombros ao final do dia de quinta-feira, das quais duas precisaram de receber tratamento hospitalar.

O edifício, localizado na zona de praia de Los Cristianos, no sul do Tenerife, desabou na manhã de quinta-feira, estando por apurar as causas.

Quatro prédios contíguos foram evacuados e dezenas de famílias foram viver com familiares ou encontram-se em abrigos temporários.

Exclusivos