Rue Cremieux, Paris. Moradores fartos de turistas querem acabar com as fotos

É uma rua estreita, encantadora e colorida. Por isso é um sucesso no Instagram. Mas os moradores não aguentam mais fotos e pediram à autarquia para limitar o acesso à via.

Vivem numa rua que pode ser considerada perfeita, com as suas casas coloridas, muitas com flores nas janelas, alinhadas junto a uma via de paralelepípedos, mas os moradores da Rue Cremieux, em Paris, sofrem com a beleza da sua rua. É que por ser tão linda tornou-se um enorme sucesso no Instagram, com milhares de fotos e "likes".

Conta a BBC que os residentes pediram à Câmara Municipal para restringir o acesso à rua em determinados períodos. Outra das solicitações é que seja colocado um portão, que possa ser encerrado nas horas de "pico" das invasões dos turistas - noites, fins de semana e no nascer e pôr-do-sol, quando a boa luz atrai as pessoas à procura de uma foto perfeita para colocar no Instagram.

"Sentamo-nos a comer e do lado de fora temos pessoas a tirar fotos, rappers que levam duas horas para filmar um vídeo logo por baixo da nossa janela, ou festas de despedida de solteira com pessoas a gritar durante uma hora. Francamente, é cansativo ", confidenciou um morador à rádio France Info.

A blogger de viagens, Kris Morton, diz que a culpa não é do Instagram, é das pessoas. "Tirar apenas fotos para o Instagram não é um problema e se inspirar as pessoas a viajar e ver o mundo, até pode ser importante", afirmou.

No entanto, salientou, "se se intrometer na propriedade privada, ocupar pontos impedindo outras pessoas de os apreciar ou tirar sua própria foto enquanto posa para 100 fotos diferentes, ou aventurar-se por cima de vedações, ou fora dos caminhos, para uma melhor foto, simplesmente não está OK".

É preciso, lembra Kris Morton, um "Instagram de distância - alguma cortesia e respeito pelos proprietários, visitantes e pelo meio ambiente".

"A Rue Cremieux fica a 5 minutos a pé a partir da Place de la Bastille. "Esta rua curta, localizada a alguns quarteirões da Pont d'Austerlitz, é uma visão em tons pastel. Algumas das fachada também têm murais modestos; os meus favoritos foram uma glicínia falsa e um gato a pular atrás de pássaros. Há muitas plantas bonitas ao longo das calçadas em frente às casas. No dia em que lá estivemos decorria uma sessão de fotos de moda. Algumas residências têm cartazes a dizer 'não fotografar' pendurados, o que todos pareciam ignorar. Talvez não seja uma atração imperdível, mas é uma surpresa muito doce enquanto se passeia", contava uma americana no TripAdvisor em novembro passado.

"Esta rua colorida é uma visão menos conhecida de Paris, mas está a ganhar popularidade. Quando a visitámos numa tarde ensolarada de sábado estava bem cheia de turistas que tiram fotografias e até mesmo fotógrafos profissionais que disparam contra o pano de fundo colorido. Se são as fotos que procura, pode ser melhor ir mais cedo, especialmente se for um dia ameno, já que está bastante cheia. Vale a pena visitar!", testemunhava há uma semana uma inglesa.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG